Renovando a casa com papel de parede

Os papéis de parede, cada vez mais, incorporam novas tecnologias, ficam mais bonitos e mais práticos. E podem renovar a decoração da sua casa, delimitando ambientes, colorindo paredes ou até mesmo renovando móveis.
Os primeiros a usarem o papel de parede foram os chineses, por volta de 200 a.C. Era um papel simples, feito de papel de arroz, mas decorativo. Depois passaram a ser feitos com pergaminho vegetal e pintados por artesãos. O papel de parede só chega à Europa no século XVI, através de comerciantes árabes.
Uma das vantagens do papel de parede é a relação custo-benefício. Em geral, eles são mais caros do que as tintas, mas podem durar até 8 anos! Você pode usar apenas uma faixa na parede ou cobrir uma altura de 1.30 m a partir do chão, como um lambri. Outra opção é decorar apenas uma parede do cômodo com papel, destacando-o.
Eu gosto muito dos papéis de parede de flores. São suaves, combinam com todos os ambientes da casa e com todas as idades. 
Há papéis de parede para todos os gostos e eles podem valorizar o tipo de ambiente que você quer criar.

Clássico...





Jovem...







Arrojado...





Contemporâneo...






Retrô...






Descolado...






Feminino...







Discreto...





Os papéis de parede são um curinga na decoração. Trazem aconchego, são fáceis de aplicar, sem sujeira, nem quebra-quebra, alguns são anti-alérgicos e não exigem mão-de-obra especializada para aplicação.
Eu poderia ficar horas aqui, apaixonada como sou por papel de parede, falando sobre as vantagens de usá-los e mostrando imagens sem fim, uma mais linda que a outra. Mas sugiro que você conheça a loja papel de parede dos anos 70, que tem preços muitos bons e papéis de parede lindos para a sua casa, da sala ao lavabo, todos com tecnologia avançada e texturas incríveis.
Eu tenho um lindo da loja. E recomendo.

Besitos

Flavia

Banheiro arrumadinho

Sem mistério, sem quebradeira, sem gastar os tubos.
Prateleiras, pra ser feliz.
E vida que segue.





Coloridas, para um ambiente mais jovem e despojado.






Clarinhas, para um visual mais clássico.

O importante é manter a limpeza e a organização, já que os produtos ficam à vista de todos. Pode-se agrupá-los em cestinhas ou bandejas.


Besitos

Flavia


Imagens: Pinterest



Não é milagre, é pallet!

Acabei de convencer meu marido que a ideia é bonita, barata, prática e sustentável, o mais importante.
Sem dúvida alguma, vai dar um up no nosso quarto. 
A ideia está nas imagens. Quando montar a cabeceira aqui em casa, mostro a vocês.






Vou comprar os pallets, lixá-los, passar um verniz ou mesmo uma boa tinta. O único trabalho do marido vai ser parafusá-los na parede.
Não sei vocês, mas acho que fica bem aconchegante uma cabeceira assim.






A cama é de pallet, como podemos ver na imagem acima, e caixotes de feira foram usados como nichos, que auxiliam na organização. No pallet ainda é possível prender uma prateleira.

Acredito hoje, mais do que nunca, na reutilização das coisas, dos móveis, das roupas, dos livros, por uma nova dimensão do consumo, mais consciente e menos agressivo.

Uma dica: se você mora de aluguel, é ideal. Móveis planejados só se for em casa própria, sem risco de mudança breve. 

Feliz 2015 pra todo o mundo. Com menos "coisas" e mais afeto.

Besitos, Flavia


Imagens: Pinterest

© Casinha Bonitinha | Layout feito por A Design