Organizando a despensa

Para organizar a despensa você precisa levar em consideração:

1. O tamanho do espaço e a quantidade de coisas que você vai armazenar.
2. A quantidade de coisas que você vai armazenar e o tamanho da sua família.
3. O tamanho da sua família e a frequência com que vocês comem em casa.
4. A frequência com que vocês comem em casa e a frequência com que você faz compras.


Ou seja, tudo isso está relacionado entre si. Uma família grande, por exemplo, de 5 ou 6 pessoas, que come todos os dias em casa, almoço e jantar, precisa fazer mais compras regularmente e necessita de um espaço maior para organizar tudo. Ao passo que uma família pequena, de 2 ou 3 pessoas, que almoça em restaurantes por causa do trabalho, janta em casa apenas algumas vezes por semana, viaja nos finais de semana, não precisa fazer muitas compras, logo, não tem necessidade de muito espaço na despensa.

Mas isso é um regrinha geral. Há famílias e famílias. A família brasileira, em média, tem 4 pessoas, que almoçam e jantam em casa. Então, na hora de escolher o espaço para colocar a sua despensa ou o tamanho dos armários, procure levar em consideração a dinâmica da sua família.

O mais importante é levar em conta a data de validade dos produtos, para você não comprar demais, sem dar conta de consumir e a comida estragar. Pense também em setorizar os alimentos, separe-os, de acordo com a sua realidade: cereais, alimentos matinais, temperos, etc.

Vamos ver algumas ideias que eu pesquisei no Pinterest e no WeHeartIt.

Para quem tem espaço grande, família grande, ou precisa armazenar muita coisa, estantes e prateleiras dão conta do recado. Mas lembre-se de separar alimentos de produtos de higiene e limpeza. Cestinhas ajudam muito na hora de distribuir cada coisa em seu lugar.

 



Para quem vai fazer armários sob medida, nada mal, hein. Um armarinho para enlatados, gavetas com cestas para os legumes mais usados no dia-a-dia, e esse gavetão, com potes, que eu achei um luxo. Tome cuidado apenas com o calor, ele estraga frutas, legumes e verduras. Em ambientes muito quentes, se não ficarem na geladeira, precisam ser consumidos em 2 ou 3 dias, no máximo.






Agora me diz, você, que tem pouco espaço, se esta aqui não é A Ideia. Genial, gente...




E quem mora em ambientes pequenos? E quem não quer (ou não pode) investir em marcenaria cara? E quem mora sozinho? E... e... e... ????

Esta pequena estante suspensa, confesso, achei um charme. Com prateleiras de diferentes tamanhos, armazena os mantimentos em potes de vidro e, de quebra, decora. As frutas da semana podem ficar na fruteira de chão, conferindo um tom despojado ao ambiente.




Na cozinha mesmo, instale prateleiras e invista em belos potes. O colorido dos alimentos traz alegria ao ambiente. Madeira e palha, um mix de elementos rústicos, que fica bacana em cozinhas.






Que tal a conhecida sapateira de porta, desta vez, na porta do armário? Basta prendê-la na parte interna e guardar biscoitos, salgadinhos e as guloseimas das crianças. Assim, elas não desarrumam o restante da despensa quando forem procurar pelas balas.




Em relação ao armazenamento de farinhas, grãos, massas e biscoitos, eu prefiro os potes de vidro, porque são mais fáceis de lavar e não deixam cheiro. Mas há quem use potes plásticos (eu também tenho 2) e até... garrafas pet, devidamente lavadas e bem secas.




Agora vou mostrar a minha despensa, a despensa daqui, da Casinha Bonitinha. Aqui em casa, nossa família é bem pequena, somos apenas 2 pessoas, meu marido e eu. Eu não costumo cozinhar todos os dias, porém, atualmente, procuro fazê-lo, para comer melhor, de forma mais saudável, com pouco sal e pouca gordura. Ainda assim, não raro, comemos no trabalho, outras vezes em restaurantes, durante a semana ou nos finais de semana. Não costumamos comer muito no jantar: uma salada, uma omelete, um sanduíche ou uma tapioca com queijo. Fazemos compras quinzenalmente, entretanto, frutas, queijo, iogurte e pães são itens que compramos semanalmente. Casa real, de verdade, casa de gente, viva!

Minha despensa é um armário comprido, com seis prateleiras. A primeira abriga cereais e massas, em potes ou nas próprias embalagens fechadas. A segunda, que fica bem à mão, pães, biscoitos, bolo e garrafinhas (rsrs).




Aqui, a foto das duas prateleiras do meio. Na primeira eu coloquei as coisas que consumimos no café da manhã. Café, açúcar, chá, achocolatado, adoçante, minha tapioca querida (rs). Essa latinha de alumínio tem 45 anos! Minha mãe ganhou no casamento dela. Eu uso para guardar pó de café, depois de aberto. Amo demais essa latinha, cheia de história, que viu eu e meus irmãos crescerem. Olha só como uma cestinha consegue juntar tudo, mantendo a ordem da prateleira!
Na parte de baixo ficam umas bandejinhas com minha coleção de temperos, um potinho de sorvete com prendedores de saquinhos (para evitar que meu marido prenda os pacotinhos com prendedor de roupa) e guardanapos, toalhas de papel e um alumínio de forrar fogão, coisas que eu uso muito na cozinha.




A parte de baixo do armário conta com mais duas prateleiras. Na de cima, em um prato, eu dispus sal e alguns condimentos, bicarbonato de sódio e uma garrafinha de água benta (não riam, eu rezo e uso água benta sim!). Ao lado, está a bandeja de óleo, que dura meses aqui em casa, azeite, shoyo e pacotinhos de queijo ralado num pote de sorvete, que funciona como divisória da bandeja. O rolo de massa ficou aqui porque não coube em nenhuma gaveta minha!
A outra prateleira abriga mais uma bandeja (está vendo como bandejinhas funcionam?!), armazenando molhos de tomate, creme de leite, ao lado de enlatados, molhos, maionese, sucos e leite, ainda fechados.





Embora apareçam algumas marcas de produtos nas fotos, este post NÃO É um publieditorial.

Espero que você goste das ideias e que se inspire para arrumar a sua despensa. Vai por mim: facilita demais a vida.

Besitos, Flavia
© Casinha Bonitinha | Layout feito por A Design